segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Teoria da metamorfose

Nunca tive coragem de ler as obra de Kafka e de Clarice Lispector que fazem referência insetos. Já fui bem precavida pelos leitores que conhecem bem a minha fobia. Na verdade, minha repulsa é tal que eu nem bem sei do que cada obra trata, pois não consigo ouvir alguém falando sobre as mesmas. É fobia mesmo!!!! Já me disseram que é uma fobia que na verdade se refere do medo ao sexo. Tenho minhas dúvidas, mas cada um com sua teoria.


Mas a minha teoria, que provavelmente não tem nada a ver com a Metamorfose do Kafka ou a Paixão da Clarice, é de que eu realmente devo ter alguma mutação genética responsável pela atração que os insetos, de preferência os mais indesejados (qual inseto é desejado???), têm sobre a minha pessoa. No caso digo indesejados pois na verdade são de fato, assassinos.



Não bastavam as abelhas, que não contribuem com o IPTU, nem água, luz, telefone, agora as borboletas resolveram usar MEU LAR como BERÇÁRIO!!!!!!! Vê seu tenho cara de babá de bebê borboleta!!!! Baby Maranduvá, Baby Bicho Cabeludo, Baby Taturana e companhia estão comendo, bebendo, dormindo e defecando no meu jardim. Mais especificamente na cinquntenária Camélia, aquela que caiu do galho.


Quanto as abelhas, esta semana receberão ordem de despejo(assim espero), pois há pelo menos três anos elas estão acreditando que têm alum direito de destruir meu muro. Acho que elas assistiam muito Seinfild, e agora que lançaram Bee Movie, estão se achando estrelas de cinema.



SE HOUVER OUTRAS OBRAS LITERÁRIAS SEMELHANTES, POR FAVOR, ME AVISEM!!!!!



PS.: Os mosquitos, moscas e outras (aquelas cascudas...) eu nem citei pois todo mundo tem em casa, não tem nem graça falar.

2 comentários:

  1. Oi, Lilian.
    Pena essa fobia, pois ambos os textos são fantásticos, como crítica social e de costumes, em que a metáfora da barata se encaixa bem... Quanto essas teorias psicológicas pra explicar textos literários, sou meio reticente, pois, a não ser que o subconsciente queira pregar uma peça no autor; quase sempre o texto literário é fruto da associação de ideias bem conscientes... claro q se for letra de música de pagodeiro, a barata da vizinha tem tudo a ver com Freud. risos...
    Aproveitando pra responder teu comentário no blog letra viva:
    Nem me fale. Feira do Livro é um evento mais do que literário, é artístico, cultural, social e turístico. Pena não ser um evento anual. Bom gadgets (ou antigamente chamado de "elementos de página", são recursos que vc adiciona ao seu blog, de relógio, contador de visitas, imagens, vídeos, etc.). Se a tua versão é a nova do blog, quando entras no painel do blog, ao invés da opção modelo há a do LAYOUT, clique ali, e vai direto em gadget, e vai te listar uma série desses recursos. Se quiseres, por exemplo, adicionar um contador de visitas, tens que ir em alguma pagina que forneça(tipo www.geoviste.com), copiar o endereço html desse contador, e colar na opção Layout, gadget, Javascript/HTML, e salvar. Pronto. Um abração miga!!! Ah, quanto ao sabor do gadget, fico devendo, hehehehehe.

    ResponderExcluir
  2. Oi Lilian!
    Adorei teu blog!bjos! Ilda

    ResponderExcluir